Valor recebido com lançamento de opções é renda passiva ou ativa?

Fala Galera da Finansfera!

Este blog tem como um dos seus principais objetivos discutir investimentos e independência financeira, o que o torna um membro honorário da Finansfera, que são o conjunto dos blogs que tratam destes temas e outros tantos correlatos com finanças.



Neste sentido a renda passiva é a queridinha da turma! Existem muitas definições de renda passiva por aí e como não quero entrar num embate por qual é a correta,  vou apenas apresentar a minha visão!

Renda passiva está relacionada ao conceito de ativos do livro Pai Rico, Pai Pobre, onde o ativo adquirido passa a trabalhar para gerar rendimentos para mim, com muito pouco trabalho ou monitoramento para manter aquele fluxo de caixa.

Neste sentido muitos sites e blogs gringos apresentam o lançamento de opções como sendo uma forma de renda passiva. Ora, negociar opções é considerado uma operação de alto risco, como poderia uma forma de rendimento com alta capacidade de atrapalhar minhas noites de sono ser enquadrado como renda passiva lá fora?

Para isso, vamos tentar redimir as opções.

O senso comum costuma dizer que opções é “cemitério de malandro”, pois a maioria das pessoas perdem dinheiro com opções, já ouvi estatísticas nesse sentido, mas tenho que dizer que isso não encontra amparo na realidade!

Opções são derivativos, com prazo de vencimento definido onde um lado aposta na valorização daquele instrumento e o outro lado na desvalorização. Ora, no vencimento um dos dois ganhará dinheiro e o outro perderá. Tão simples quanto isso; 50% das operações com opções ganham dinheiro!

Então operar opções é como jogar uma moeda para cima?

Calma gafanhoto! Não tão rápido!

Vamos voltar aos fundamentos.

Opções são instrumentos que dão o direito ao comprador (titular), mas não a obrigação, de comprar ou vender um ativo à um preço predeterminado em uma data.

O vendedor (lançador) possui a obrigação de comprar ou vender um ativo à um preço predeterminado em uma data.

Esta estrutura onde um lado da operação possui um direito e o outro lado uma obrigação impõe à este negócio que o lucro daquele que possui uma obrigação é limitado e as perdas são ilimitadas (em termos percentuais). Já aquele que possui o direito terá de ser o inverso, ou seja perda limitada e lucro ilimitado.

Qual você prefere? Ganhos ilimitados? Ou Perdas ilimitadas?

É sempre bom lembrar que esta operação é muito similar à um seguro. Quem paga o prêmio está repassando um risco (perdas ilimitadas). E aquele que recebe o prêmio acredita que aquele é um valor justo para assumir aquele risco que o lançador não quer ficar exposto.

Segundo um estudo feito pela CME (bolsa de Chicago) 83% das opções virão pó, ou seja, tem o valor igual à zero no seu vencimento e, portanto, não há exercício.

Ora, se as opções são construídas de modo que, para um lado da operação ganhar o outro precisa perder, temos que os lançadores de opções ganham 83% das vezes.

Ou seja, existe uma vantagem estatística à favor do lançador (vendedor) de opções. É por isso que sempre comento que lançar opções é trabalhar do lado da banca. E se o seu dever de casa for bem feito, no sentido de escolher bem as ações para operar e ter o modelo mental de quem trabalha do lado da banca, as suas chances de perder dinheiro com esta operações são realmente controladas.

Só que para trabalhar do lado da banca exige que você tenha uma boa quantidade de dinheiro com liquidez e que você domine algumas técnicas para gerenciamento de preço médio e muito sangue frio para não se incomodar com perdas momentâneas.

A cereja do bolo

O mesmo estudo feito pela CME mostra que enquanto 60% das Calls terminam valendo nada e 94% das Puts viram pó.

Aqui é sempre bom lembrar que lançar call coberta é fazer uma put sintética, ou seja, estrategicamente este trades são equivalentes. Apresentei este conceito no post Call ou Put: eis a questão.



Conclusão

Quando se tem o modelo mental adequado para fazer operações de lançamento de opções esta estratégia possui grandes chances de serem verdadeiras máquinas de geração de renda, conforme esta estratégia é encarada por muitos blogs gringos. E estamos falando de algo como mais de 90% de chance ganho para uma única operação.

A coisa mais importante quando se está do lado da banca é manter as pessoas jogando incessantemente. É necessário estar sempre “dentro do jogo”, pois é o tempo operando esta estratégia que faz do seu modo de operar vitorioso.

Assim, apesar de apresentar a estratégia como Trades com Opções, de fato eu penso essa estratégia como uma modalidade de renda passiva e por isso faz todo o sentido para mim fazer o fechamento mensal e ir acompanhado a evolução, porque penso nesta estratégia como uma das minhas fontes de renda no futuro!


Grande abraço, bons investimentos e até o próximo post!!!

Disclaimer: Não sou analista certificado. Todos os ativos apresentados nesse blog são apenas ilustrativos, não representando qualquer indicação (nem de compra, nem de venda, nem de manutenção).
Este blog serve apenas para fomentar discussões e trocar experiências.

Conheça bem o mercado que você investe, pois os resultados de suas operações são de sua inteira responsabilidade.

Comentários

  1. Perfeito Janota!

    E acredita que eu fiquei de fora por um tempo devido ao imposto de renda? rsrs

    Confesso, tinha medo. Melhor ainda tenho, mas não deixo de operar.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Inglês!
      Pois é, vejo que o IR é uma questão pra muita gente. Já vi pessoas aceitarem um lci meia boca por ter a vantagem de não pagar ir, sem contar a famosa poupança.
      Mas tudo é aprendizado. Hoje estou aprendendo a fazer gerenciamento do preço médio para propositalmente subir (no limite da isenção dos 20k) no passado isso seria loucura... rsrs
      Abraços!

      Excluir
  2. Otimo post Janota. Eu operei lancamento coberto de opcoes por muitos anos quando operava na bolsa brasileira. Quando aplicado corretamente, o lancamento coberto dificilmente se traduz em perda pois da para "rolar" para o proximo mes.
    Como hoje opero basicamente FII e REITs nao mexo mas com opcoes, mas sem duvida é uma bela forma de melhorar a rentabilidade da carteira.

    Abraço!

    Executivo Investidor
    www.executivoinvestidor.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Executivo!
      Obrigado pelo comentário! Tenho um post preparado sobre rolagem, que é um assunto que estou estudando e experimentando ultimamente.
      Grande abraço!

      Excluir
  3. Ótimo post! Estou aprendendo muito com vc!
    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Ótimo post! Estou aprendendo muito com vc!
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Unknown!
      Vamos trocando experiências!
      Grande abraço!

      Excluir
  5. Ola Janota,

    Vc teria estas estatísticas para o mercado brasileiro? Ou onde poderíamos consegui -Los?
    Vi acima q vai explicar rolagem,
    Obrigado por toda info q tem passado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Zeze!
      Nunca vi um estudo destes para o mercado brasileiro. Mas dá pra ver as séries abertas e os contratos no site da b3.
      Estou no meio de uma rolagem e quero fazer o detalhamento da operação com a explicação da estratégia. A briga com a operação está boa rsrs. Acho que ficará bem didática.
      Grande abraço!

      Excluir
  6. Ola Janota,

    Me parece que:

    "Tão simples quanto isso; 50% das operações com opções ganham dinheiro!"

    Nao significa que todo mundo fica no 0 a 0.
    Me parece que a "fama(ou realidade?)" da perda vem do agregado de todas as operacoes e nao da analise de uma operacao em particular.

    E tambem desta afirmacao:

    "83% das opções virão pó"

    Nao indicaria que em pelo menos 83% das opcoes houve perda de dinheiro, pois alguem comprou a opcao e nao ganhou nada em troca?

    Mas por outro lado, muita gente compra opcao como *hedging*, nesta modalidade ver a opcao virar po é esperado e nao poderia ser considerado perda, pois esta "perda "seria" recuperada no futuro...

    Complicado esta analise hein?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Zeze!
      Para qualquer análise científica os fatores precisam ser isolados e os efeitos analisados dentro de certas condições de contorno.
      Quando digo que 50% das opções viram pó é uma questão matemática. No próprio texto disse que esse não era o melhor caminho para analisar, mas já é suficiente para desqualificar o argumento de que opções é um lugar para se perder dinheiro.
      Já o fato de 83% das opções terminarem valendo zero também é uma questão matemática. No dia do exercício ou sua opção vale alguma coisa e será exercida ou vale zero.
      Quem compra opção paga por um direito e se no fim do prazo ela não exercer isso foi um prejuízo, não tem muito mais o que se fazer.
      Particularmente não entrei no mérito de operações estruturadas tipo borboleta ou iron condor, onde o trader pode ser exercido (ou exercer) uma parte das opções e a outra não e seu lucro será o saldo dos prêmios e dos exercícios, mas ainda sim a avaliação acima continua válida para as opções separadamente.
      O melhor jeito de fazer hedging com opções é do lado de quem vende e não de quem compra. O prêmio pago é prejuízo e poderá inclusive influenciar o psicológico do trader no futuro, pois um grande prejuízo à compensar criar uma “obrigação” de acertar (já passei por isso).
      Grande abraço!

      Excluir
    2. http://janotainvestidor.blogspot.com/2018/11/como-o-trade-de-opcoes-resolveu-meus.html?m=1

      Neste post falo um pouco da influência do prejuízo à compensar no psicológico de quem opera.

      Excluir
    3. Obrigado Janota,

      Como voce faz hedge vendendo opcoes?

      Por exemplo, imagine que quero garantir nao perder mais que 20% em um portfolio de indice bovespa, entao compraria puts fora do dinheiro com strike 20% abaixo do preco atual.

      Claro que tem custo e tem psicologia negativa de ver dinheiro sangrando ate que Joesley, Temer, quebra de barragem acontecam....

      Como e feito com venda de opcoes?
      Obrigado!

      Excluir
    4. Olá Zeze!
      Seguro é um “trem” caro, então vc só compra quando acha que vai da m*rda!
      Daí quem vende vai querer te sangrar mais ainda pq ele sabe do medo. Essa é a medida da volatilidade implícita (VI), usada para precificar opções.

      Procurei aqui no TradeMap e para proteger sua carteira de uma queda de aproximadamente 16% (Bova11 89,00 e Strike da Put a 75) teria que pagar 0,07 por mês. Isso equivale a pagar 1% ao ano do seu patrimônio para ter essa proteção.

      Normalmente quem faz hedge só protege uma parte do seu patrimônio, para não comprometer seu rendimento com o seguro.

      Pensando nisso lançar call coberta é um hedge que faz mais sentido para mim.

      Existem muitas formas de fazer isso, com parcelas dos investimentos e com distâncias maiores ou menores do preço, justamente para não comprometer o rendimento caso a ação dispare, mas não cheguei nesse nível.

      Os links abaixo dão uma boa ideia do que é lançar opções como estratégia de hedge, e dentro destes artigos você encontra outros links igualmente interessantes.

      https://spintwig.com/how-to-trade-options-efficiently/

      https://earlyretirementnow.com/2016/10/05/passive-income-through-option-writing-part-2/

      Grande abraço!

      Excluir
    5. Se tiver curiosidade:
      Aqui esta descrito um hedge feito sobre TESLA (que caiu 23%) e como ele performou. Note que ha 2 metodos descritos, PUTS simples ou "colar" onde o put sai "gratuito". Gratuito nao e, ele limita um upside:
      https://seekingalpha.com/article/4265586-crash-protection-kicks-tesla?isDirectRoadblock=true

      Excluir
    6. Realmente muito interessante essas estratégias. Outra opção era encerrar a posição já que o medo estava tão alto que o cara sugere abrir mão de qualquer upside para proteger do downside.
      Investimento em ações é arriscado e opções pode ser ainda mais arriscado. Tento compartilhar meu ponto de vista e estimular discussões como essa que estamos tendo que é realmente muito enriquecedora para mim.
      Mas quando o assunto é risco eu só tenho uma regra: preciso dormir tranquilo com a operação.
      Não curto tesla, pelo jeito nem o cara do artigo, que não possui nenhuma posição do ativo que ele está discutindo. Então as estratégias que uso não se aplicariam para essa empresa.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Calculando Impostos de investimentos no exterior: passo a passo

Conta BB America - taxas ocultas