Medidor IF - Abril/2018


Salve Galera da Finansfera!

Com o fim de mais um mês e vou divulgar e avaliar o resultado de renda passiva no mês de Abr/18.




Segue resultado do mês:

mês Março/18
Meta: 1.100,00
Realizado: 2.110,58

Acumulado 2018
Meta: 4.400,00
Realizado: 6.278,79

Independência Financeira
Meta: 6.000
Realizado: 863,72
Lembrando que para independência financeira é considerada a média móvel dos últimos 12 meses.

Abaixo temos o histórico da renda passiva do ano de 2018.


Resultado do mês foi Excelente!


Tenho acompanhado as oscilações dos ativos dos que possuo em carteira e estou cada vez mais convencido que a remuneração por dividendos é a melhor maneira para eu acompanhar minha carteira, assim não sofro tanto com as oscilações.

Vamos ao detalhamento dos resultados!





Ações Brasil
A carteira de Ações Brasil bateu a meta sozinha, foram R$1.215,51. Este mês pagaram dividendos MPLU3, ITSA3, IRBR3 e LAME3.

Aluguel de ações Brasil
A carteria buy & hold Brasil pagou singelos R$59,32 de aluguel.

FIIs
Os resultados dos FIIs vieram em linha com o histórico do ano somaram R$357,84 em abril.

Ações EUA
As ações estadunidenses pagaram R$275,08, líquido de impostos utilizando o mesmo dólar de conversão para fins de Imposto de Renda (último dia útil da primeira quinzena do mês anterior). Os efeitos da recente subida da cotação do dólar ainda não influenciam estes resultados, pois o valor de fechamento de Abril/18 em 3,2853 R$/US$, não está muito diferente do meu preço médio de compra de dólar. Fiz estes investimentos para ter no futuro um fluxo de caixa em dólar e não tenho a intenção de trazer esses investimentos de volta para o Brasil, de forma que os efeitos da subida do dólar são apenas contábeis.

REITs
Na carteira de fundos imobiliários estadunidenses (REITs) o resultado foi R$202,83.

Conculsão
Quase que “dobramos a meta” neste mês.

Não tenho feito aportes em dólar, de forma que seguimos muito próximo do fluxo de dividendos previsto no final do ano passado para a carteira de Ações e REITs nos EUA.

Estou acumulando um valor para remeter assim que observar uma arrefecida no câmbio, o próprio relatório Focus prevê um dólar mais fraco no fim do ano. Será?

A grande estrela da nossa renda passiva é de fato a Carteira de Ações Brasil, já que o yield no Brasil é mais alto. Muitas empresas entraram em ex-dividendos nessa temporada de balanços, e já temos uma expectativa de fluxo de dividendos suficientes para garantir os resultados dos próximos dois meses, indicando atendimento da meta anual.

Sigo minha estratégia de priorizar os aportes nas ações que entraram em processo de correção.

Grande abraço, bons investimentos e até o próximo post!!!

Disclaimer: Não sou analista certificado. Todos os ativos apresentados nesse blog são apenas ilustrativos, não representando qualquer indicação (nem de compra, nem de venda, nem de manutenção).
Este blog serve apenas para fomentar discussões e trocar experiências.
Conheça bem o mercado que você investe, pois os resultados de suas operações são de sua inteira responsabilidade.

Comentários

  1. Muito interessante Janota. Parabéns.
    Gostaria de dar uma olhada na sua carteira de REITs. Tem ela em algum post? Abcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá AA40,
      Nunca postei detalhes da minha carteira de REITs ou ações no Usa. Os FIIs e ações Brasil acabo comentando as que pagaram no mês.
      Escolho minhas ações de forma muito simples. Gosto do negócio, gosto da empresa e procuro ler matérias sobre a saúde da empresa. Se terminar satisfeito eu coloco na carteira.
      REITs é realmente mais chato, pois são nomes que nunca ouvimos falar. Por isso gosto dos artigos da seeking alfa. Agora vou ficar te devendo, mas volto aqui na semana que vem para citar os REITs que tenho.
      Abraço!

      Excluir
    2. Entendi. Eu também leio muito o seeking alpha e o DGS. Conheço alguns nomes de quando morei lá tipo Tangers, O e seu portfolio, PG, etc mas o jeito é ser simples mesmo, ver portfólio, negócio mesmo e no final se for um bom business ai sim dar uma olhada nos prospectos e números! abcs

      Excluir
    3. Olá AA40,

      Minha carteira de REITs está com os seguintes ativos: AMT, EPR, INN, IRM, LAND, NLY, NRZ, O, OHI, SKT, STAG, VTR, WPC.
      Mas tenho estes outros no meu radar: NNN, KIM, FRT, PSA, DLR, FPI, EQR, BXP, APLE, ELS.
      abraço

      Excluir
  2. Excelente evolução da renda passiva.

    Achei interessante o dinheiro vindo do aluguel de ações, para além dos proventos ganhos e da valorização do papel, o aluguel de ações de longo prazo é um dinheiro extra de renda passiva sem esforço.

    Abraço e bons investimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá DIL,

      O aluguel de ações é realmente uma renda que não pode ser deixada na mesa.
      Quando tiver uma boa base de dados vou fazer um post sobre o histórico do aluguel de ações.
      Abraço!

      Excluir
    2. Legal, será bem interessante o estudo do aluguel de ações.

      Para as pessoas terem noção qual será o rendimento (yield) na pratica de uma carteira de ações alugadas.

      Esse yield será um bônus a juntar ao dividend yield na renda passiva!

      Abraço e bons investimentos.

      Excluir
    3. Dando um pouco de spolier...rs na minha corretora eu escolho a taxa mínima anual para alugar os ativos. Uso de 1 a 3%, mas não é fácil alugar na taxa mais alta, tenho tido sucesso com o EGIE3 para melhores taxas, já ouvi dizer que os ativos com menos oferta de aluguel alugam melhor, pode ser esse o caso.
      Mas a minha vacância, por isso tenho utilizado mais a taxa de 1%.
      abraço

      Excluir
  3. Olá JI,

    Bom que cada mês os proventos vão aumentando. Parabéns pelas metas batidas.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cowboy!
      Fiz um rebalanceamento grande ano passado em função da queda da selic, agora é mais um reflexo do aporte. Vamos curtindo a viagem!
      Abraço!

      Excluir
  4. Parabéns Janota, sempre que vejo sua carteira sinto uma inveja branca de ver ações de fora e REITs ahha. Um dia chego lá, grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aportador!
      Foi um passo grande fazer os investimentos no exterior.
      Agora para você é questão de tempo.
      Grande abraço!

      Excluir
  5. Quando você fala em “renda passiva”, vc coloca a rentabilidade bruta dos investimentos (ex: sem tirar o IR)? Você também abate a inflação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Oculto!
      Sempre coloco líquido de IR. Dividendos de FIIs e ações no Brasil são isentos. Os juros sobre capital próprio é retido na fonte sem necessidade de ajuste anual e o REITs e ações eua tem um desconto de 30% na fonte, até poderia ser ajustado anualmente, mas está acima da maior alíquota do Ir brasileiro.
      Não faço nenhum ajuste com inflação, isso mais complica que ajuda, ia ficar com uma referência financeira do dia que defini a meta e isso não faz muito sentido para mim. O que pretendo fazer anualmente é ajustar a meta à minha realidade.
      Eu suma, contabilizei dinheiro no bolso.
      Grande abraço!

      Excluir
  6. Descobri seu blog só hoje depois q vc comentou no meu, me identifiquei muito com a sua estratégia e conceitos de IF baseada em renda passiva que não comprometa o total investido. Vou continuar acompanhando, sua jornada!


    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SrIF,
      Também estou acompanhando o seu. Interessante esse relato do último ano na labuta. É muito bom trocar experiências com os amigos aqui da comunidade.
      Grande abraço!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Calculando Impostos de investimentos no exterior: passo a passo

AGCX Oportunidade ou Cilada?