Broker Sangrando: Meu novo modo de encarar a renda variável


Salve Finansfera!!

Até o final de 2016 encarava renda variável unicamente como especulação. Mantinha ações em carteira por no máximo poucos meses, sempre levando em conta a tendência e algumas das vezes a saída era por meio de stops.

Claro que tive resultados de todas as cores, mas o que esse tipo de investimento potencializa mesmo é a ansiedade e isto também irá influenciar o resultado financeiro, na maior parte das vezes de forma negativa.




Interessante é que essa ansiedade potencializada não se manifesta em outros tipos de investimentos que faço, notadamente fundos, CDB e Tesouro Direto (TD). Nesse processo de mudar a forma de encarar meus investimentos em ações, quero aumentar a serenidade (coisa difícil de cultivar) nessa área.

Existe um conceito tributário que é o fato gerador. Estou trazendo alguns aspectos desse conceito para meu dia-a-dia com meu portfólio de renda variável (RV).

Somente há que se falar em lucro ou prejuízo quando esse fato gerador ocorrer. Temos vários exemplos que ensejam em fato gerador: venda de posição comprada, compra de posição vendida (com apuração do aluguel BTC quando a posição for mantida por mais de um dia), vencimento de opções (lançadas ou titulares), venda de um direito de subscrição, juros ou dividendos recebidos.

O que quero dizer com isso é que buscarei depreender que as variações dos preços das posições compradas não querem dizer nada, exceto que o preço variou. Assim, isso não deve alterar meus ânimos em relação a esses ativos.

A avaliação da variação dos preços dos ativos da carteira terá um viés de balanceamento e apurarei a rentabilidade das operações em andamento, sem grandes preocupações com a apuração da rentabilidade mensal. 

Ainda estou num processo de seleção de ativos, em especial nos investimentos no exterior. Tenho lido muita coisa e espero continuar divulgando informações detalhadas destes estudos que costumo fazer para meu portfólio.

Também tenho feito experimentos que estão sendo divulgados aqui no blog, que foi o caso do aluguel de ações, call coberto e lançamento de put. Inclusive foi feito um balanço de um ano alugando ações, e as operações com opções estão sendo divulgadas na aba TRADE/OPÇÕES, um teste de longa duração que estou fazendo, sobre utilização de opções para aquisição de ativos e geração de caixa.




Ou seja, estou trabalhando de forma mais focada no longo prazo, realizando trades de forma mais prudente, com uma porcentagem do portfólio controlada. Nada mais de all-in e em consonância com o cenário macro-econômico para não ser pego no contra-pé.

Assim vou aproveitar esses momentos de reflexão aqui no blog para fomentar discussão e o aprendizado. Dessa forma, passei a divulgar a evolução dos meus investimentos aqui no blog através da renda passiva, sempre divulgada no fechamento de cada mês. Afinal, se quero evoluir para me tornar um investidor de dividendos, essa é a meta mais importante! 

Daqui pra frente nada de sofrer com montanha russa! Deixa o Broker ficar vermelho sem sofrimento!




Esta Jornada está só começando!

Grande abraço, bons investimentos e até o próximo post!!!



Disclaimer: Não sou analista certificado. Todos os ativos apresentados nesse blog são apenas ilustrativos, não representando qualquer indicação (nem de compra, nem de venda, nem de manutenção).

Este blog serve apenas para fomentar discussões e trocar experiências.

Conheça bem o mercado que você investe, pois os resultados de suas operações são de sua inteira responsabilidade.

Comentários

  1. Eu depois de quase 5 anos, não ligo a mínima para as cotações, de verdade! Porém continuo acompanhando anualmente o resultado das empresas, basicamente olho o crescimento do Patrimônio, Lucro, Endividamento e sempre dou uma espiada no P/L para ver se está acima de 30x. O piloto automático tem me ajudado muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal Surfista! Quero chegar nesse nível!
      A ideia é ir moldando meu modelo mental para ir abstraindo a ansiedade que ficar olhando preço traz.

      Grande abraço!

      Excluir
  2. Pois é Janota, mas falar é fácil, difícil é abrir o HB e ver q vc está perdendo uma grana e ainda mais no caso de quem já está com os dias contados para a FIRE...e ai? Quem ainda tem vários anos tudo bem mas quem não tem, reduza exposicao ao risco (ainda mais Brasil) é a dica! Abcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aa40,
      A gente só deve investir naquilo que nos permite dormir bem de noite. Ou a gente acredita naquilo que está colocando as economias ou nem põe.
      O exemplo clássico aqui no Brasil é o pessoal falando mal de empresa pública e mesmo assim colocando seu rico dinheirinho lá... não dá certo... vai ter insônia...
      Grande Abraço!

      Excluir
  3. Olá JI,

    Esse negócio de ficar olhando HB é complicado. Eu geralmente abro quando vou fazer uma compra. Eu tive muitas baixas este ano e não fiquei preocupado. O importante é manter os aportes e ficar tranquilo. Sabendo que estamos investindo em bons ativos dá mais essa tranquilidade.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cowboy!
      Concordo com vc! Aporte vale mais que rentabilidade! No mais é fazer o melhor que dá na escolha.
      Abraço

      Excluir
  4. Fala Janota, pro longo prazo é melhor nem olhar que preço estão os ativos. É bem difícil (eu mesmo não consegui ainda rss). Se tiverem qualidade tendem a valorizar. Rentabilidade mensal eu já não meço há alguns anos. Bons investimentos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá FeP!
      Eu descobri recentemente que do jeito que montei minha planilha de acompanhamentos ficou muito complicado de calcular a rentabilidade das ações... melhor assim... rsrs. Eu calculo o rendimento da carteira como um todo. E faço fechamento da renda passiva, que é minha ideia de IF.
      Grande abraço!

      Excluir
  5. Olá Janota! Faz bem em não se preocupar com a montanha russa. Essa questão de prejuízo antes de vender ou comprar é o que assusta e prejudica muitos investidores iniciantes. Já sofri com isso rs

    Hoje minha planilha não calcula rentabilidade como a sua. Acabo vendo apenas se o geral valorizou ou não.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Inglês,
      No início supri essa “carência” com a inclusão dos meus
      Dados de compras no Investing.com. Mas hoje nem isso eu faço.
      Grande abraço!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Calculando Impostos de investimentos no exterior: passo a passo

Conta BB America - taxas ocultas